Comunicação
Bacia de Santos

O programa tem por objetivo avaliar possíveis impactos das atividades de instalação e operação das unidades de produção na qualidade do ambiente no entorno das mesmas, nos aspectos da água do mar, do sedimento e respectivas biotas associadas. Assim, são realizadas campanhas oceanográficas periódicas com a coleta de amostras ambientais para caracterização e monitoramento de diversos parâmetros, tais como concentração de nutrientes e contaminantes e avaliação dos indicadores ecológicos do plâncton (pequenos organismos que vivem associados e em deriva na água do mar) e da fauna bentônica (que vive associada ao sedimento marinho). O número e a frequência das campanhas, bem como os ambientes e parâmetros monitorados são definidos individualmente para cada unidade de produção, de acordo com suas características operacionais (presença de dutos, forma de instalação, descarte de efluentes, dentre outros) e com as características do meio onde opera (profundidade da lâmina d’água que ocupa, etc.).

Os relatórios apresentados a seguir se referem a última campanha de cada unidade monitorada cujos resultados já foram reportados ao Ibama. Estes integram os dados de qualidade ambiental gerados ao longo de todas as campanhas de monitoramento executadas ao longo dos projetos.

Atividade de Mexilhão
Sistema de Uruguá
Atividade de Merluza
Piloto de Lula
Desenvolvimento da Produção de Baúna e Piracaba
Piloto de Sapinhoá
Piloto de Lula Nordeste
Etapa 1 - Desenvolvimento da Produção de Iracema Sul
Gasoduto de Cabiúnas
Gasoduto Rota 3