Comunicação
Bacia de Santos

PEA-BG mantém suas atividades virtualmente durante a pandemia


Em virtude da pandemia da Covid-19, o Projeto de Educação Ambiental da Baía de Guanabara (PEA-BG) teve suas atividades presenciais interrompidas. Durante o período em que os encontros não são possíveis, a equipe executora atua a distância, dando continuidade ao relacionamento construído com as comunidades de pesca artesanal, colocando-se à disposição pelo telefone e pelo aplicativo WhatsApp para orientar e tirar dúvidas sobre as ações de organização comunitária.

Em abril, em uma ação conjunta entre o grupo de voluntariado da Petrobras e instituições parceiras, foram arrecadadas doações financeiras, convertidas em compra e distribuição de cestas básicas e kits de higiene para as comunidades de mais vulnerabilidade na área de abrangência do PEA-BG. Num primeiro momento foram doadas 85 cestas básicas para as comunidades de Feital e Suruí, no município de Magé, e Itambi, no município de Itaboraí. Em maio, ampliou-se a doação para 32 famílias de Canal e Barbuda (Magé).  A ação também contou com a parceria entre a equipe executora, as associações de pesca e associação de moradores situadas nas localidades, sendo essas instituições responsáveis pela distribuição aos pescadores.

Durante os meses de abril e maio, a equipe do PEA-BG também deu continuidade à ação formativa da equipe técnica e de agentes mobilizadores, realizando oito encontros educativos via internet sobre diversas temáticas, tais como: educação popular, educação ambiental, gestão e ordenamento territorial, cartografia social, entre outros.

No dia 24 de abril foi realizada a primeira ação de articulação entre o Projeto de Comunicação Regional da Bacia de Santos (PCSR-BS) e o PEA-BG. Além de divulgar os projetos ambientais condicionantes de licenças, a equipe da Petrobras apresentou os objetivos do PCSR-BS, de forma a assegurar a compreensão das atividades de exploração e produção na Bacia de Santos relacionadas às medidas mitigadoras e compensatórias no âmbito do licenciamento ambiental. O PCSR-BS também será apresentado ao público da pesca artesanal tão logo as atividades presenciais sejam novamente permitidas.

Registro de formação on line de agentes sociais e equipe técnica do PEA-BG

Notícias relacionadas