Comunicação
Bacia de Santos

O desenvolvimento do Projeto de Monitoramento do Tráfego de Embarcações é uma exigência do órgão ambiental desde a emissão da Licença de Operação nº 1274/2014 que autorizou o início das operações do Desenvolvimento da Produção de Sapinhoá Norte. Apesar disso, trata-se de projeto regional e que, portanto, atende a todos os empreendimentos da Petrobras em operação na Bacia de Santos. O objetivo geral do projeto é compreender a dinâmica das embarcações de apoio que atendem às atividades de instalação e operação das plataformas na Bacia de Santos.

As embarcações de apoio a serviço da Petrobras são equipadas com um sistema de rastreamento que emite, de tempos em tempos, um sinal com o posicionamento das embarcações. Estes dados são armazenados em um banco de dados espacial e todos aqueles dados que se localizam dentro da área da Bacia de Santos são tratados através de ferramentas de geoprocessamento para identificar as áreas com maior densidade de navegação e a intensidade de uso de portos e áreas de fundeio.

São fornecidas ainda informações detalhadas a respeito das embarcações de apoio, data de realização dos atendimentos, nome das instalações atendidas/visitadas com o respectivo nome do empreendimento e informações do processo de licenciamento. O projeto busca ainda quantificar a participação da Petrobras no tráfego marinho da região, bem como avaliar suas variações ao longo dos anos.

O projeto teve início em janeiro de 2015 e, até o momento, já foram tratados e analisados os dados referentes aos anos de 2013 a 2015.

Para acessar o Projeto de Monitoramento do Tráfego de Embarcações, clique aqui.

Para acessar o relatório do PMTE de 2013, clique aqui. Acesse também a errata do relatório.

Para acessar o relatório do PMTE de 2014, clique aqui.

Para acessar o relatório do PMTE de 2015, clique aqui.