Comunicação
Bacia de Santos

O Projeto de Monitoramento de Cetáceos tem como objetivo principal a avaliação dos potenciais impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo e gás natural do polo pré-sal da Bacia de Santos sobre os cetáceos (baleias e golfinhos), através do monitoramento de longo prazo das populações nas áreas costeiras e oceânicas da Bacia de Santos.

A área de abrangência do Projeto de Monitoramento de Cetáceos é a Bacia de Santos, que está localizada em região oceânica e se estende do município de Cabo Frio (RJ) a Florianópolis (SC), incluindo os estados de São Paulo e Paraná.

O objetivo geral do PMC é estabelecer bases para o monitoramento de longo prazo de cetáceos na Bacia de Santos e de possíveis interferências sobre estes, gerando parâmetros para a avaliação de impactos potenciais das atividades de petróleo e gás.

Serão utilizadas abordagens diretas (acústica, telemetria, cruzeiros de avistagens e sobrevoo) e indiretas (análises genéticas, bioquímicas, bioacumulação de contaminantes, foto identificação e o monitoramento de parâmetros de saúde) para avaliar o estado atual das populações e os potenciais impactos decorrentes da produção de petróleo e gás.

O PMC tem caráter regional e atende às condicionantes de licenciamento da Etapa 2, no pré-sal da Bacia de Santos. O projeto vem sendo executado pela Socioambiental Consultores Associados desde julho de 2015.

Cabe ressaltar que os relatórios sobre a execução deste projeto são documentos públicos e podem ser solicitados ao Ibama.

Para acessar o projeto executivo do Projeto de Monitoramento de Cetáceos, clique aqui.

Acesse também o relatório anual do Projeto de Monitoramento de Cetáceos.

Para mais informações sobre o PMC, clique aqui.