Comunicação
Bacia de Santos

Este projeto tem como escopo a execução de campanhas oceanográficas com a finalidade de verificar possíveis alterações decorrentes do descarte de efluentes (água produzida) das unidades de produção nos compartimentos água, sedimento, plâncton (fito, zoo e ictio) e macrofauna bentônica, durante toda a operação das unidades até a desativação dos empreendimentos.

O projeto tem o objetivo de fornecer subsídios para acompanhar as possíveis alterações ambientais na área de influência direta das atividades de operação dos empreendimentos de produção. Para tanto, apresenta como meta a realização de campanhas oceanográficas anuais, para monitoramento ambiental.

Os parâmetros analíticos de sedimento e bentos são:

  • matéria orgânica total (MOT);
  • carbono orgânico total (COT);
  • teor de carbonatos;
  • granulometria;
  • nitrogênio total (Ntotal);
  • fósforo total (Ptotal);
  • metais (Fe, Al, Ba, Cu, Cr, Pb, Cd, Zn, Ni, V, Hg e Mn);
  • hidrocarbonetos (HPAs, n-alcanos, MCNR e HTPs), e;
  • macrofauna bentônica.
     

Os parâmetros para água e plâncton são:

  • corrente;
  • salinidade, temperatura e oxigênio dissolvido (OD);
  • transparência da água;
  • pH;
  • oxigênio dissolvido (OD);
  • carbono orgânico total (COT);
  • material particulado em suspensão (MPS);
  • nutrientes (nitrogênio amoniacal, nitrito, nitrato, fosfato e silicato);
  • sulfetos;
  • hidrocarbonetos (n-alcanos, hidrocarbonetos poliaromáticos – HPAs 16 prioritários, hidrocarbonetos totais de petróleo – HTP, mistura complexa não resolvida – MCNR, e benzeno, tolueno, etil-benzeno e xileno – BTEX);
  • fenóis;
  • clorofila-a.

Os indicadores de desempenho do projeto e de qualidade do meio ambiente podem ser verificados nos Relatórios Técnicos de Avaliação Ambiental de cada campanha, nos quais é apresentado um diagnóstico das condições ambientais considerando-se os impactos previstos na fase do Estudo de Impactos Ambientais (EIA) dos empreendimentos. Tais relatórios são documentos públicos e podem ser solicitados ao Ibama.

Neste momento, os projetos são aprovados especificamente para cada empreendimento licenciado. As propostas disponibilizadas nesta página são as vigentes.

Para acessar um exemplo de projeto de Monitoramento da Qualidade da Água, Sedimento e Biota Associada utilizado para plataformas que operam em águas rasas (plataforma de Mexilhão), inferiores a 300m, clique aqui.

Para acessar um exemplo de projeto de Monitoramento da Qualidade da Água, Sedimento e Biota Associada utilizado para navios-plataformas que operam em águas profundas (FPSO Cidade de Ilhabela), superiores a 300m, clique aqui.